Habitantes!

31 de março de 2009

Meu pai

Meu pai, no auge dos seus 75 anos, tem algumas frases próprias. Elas são ditas despretensiosamente durante nossas conversas. Hoje vou citar uma delas e contar o quanto me libertei de vários grilos desnecessários depois de escutá-la.

“Ninguém sabe o que o mudo quer”.

Por muitas vezes, exigi das pessoas coisas que elas nem sabiam que eu queria. Eu presumia que minha vontade era explícita e que todos deveriam me atender. Só que isso não acontece. Se você quer uma coisa, peça. Temos que falar das nossas vontades. O que está subentendido não está claro.

Exemplo: Alguém da sua casa vai ao supermercado. Você gosta de chocolate. Por você gostar de chocolate, você supõe que essa pessoa comprará o bendito para te agradar. A pessoa pode até comprar, mas obrigação ela não tem. Diferente seria se você pedisse a ela: Você pode comprar o chocolate para mim? Mas aí você não fala, a pessoa (que não é adivinha) não traz e você fica remoendo o assunto. Porque ela não trouxe? O que eu fiz a ela? Ela não gosta de mim o suficiente!

Com isso, gastamos nossa preciosa energia, sendo que o erro é nosso e nem percebemos. Automaticamente, terceirizamos o problema e, por isso, ele acontecerá mais um milhão de vezes. Então pratique desde já. Posso ir com você? Faça esse favor para mim? Me empresta? Me ajude? Me dá um pedaço? E pare de se lamentar: “fulano não me convidou” ou “beltrano não me ofereceu” ou “cicrano sabia que gosto e não fez”. O que você quer é você quem tem que pedir. “Ninguém sabe o que o mudo quer”. Fale, verbalize, declare, discorra, confesse, reafirme. Se não foi atendido, corra atrás você mesmo.

Se o desejo é seu, você é responsável por realizá-lo. Mais ninguém. “Não faça sua felicidade depender do que não depende de você”, nos ensina o professor Hermógenes, adepto da Hatha Yoga. O que vem do outro sem nossa intervenção há de ser visto como um bônus, um presente, jamais como uma obrigação. Experimentem: é libertador!

3 comentários:

Fábio Calab disse...

oi querida... esse texto serve certinho para quem é casado... sério... a gente acha que a esposa só de olhar para a gente sabe o que queremos... e como a gente erra... toda hora eu acho que minha esposa vai fazer um negocio para mim sem eu precisar pedir e me ferro... dou som os burros n'água ... engraçado mas real.... temos que fazer o mudo falar mesmo...bjocas e nao tem essa de pessoas quererem ficar te bajulando nao viu.... fala que voce tem NAMORADO... tchau

Flávia Freire disse...

Tia Tata....
Acho que já faço esse exercicio de "PEDIR AS COISAS" a muito tempo.... inclusive aos santos.....rsrsrsrs
Mas nunca é tarde para que as pessoas que nos rodeiam, saibam nossas necessidades e anseios!!!
Ow seja...... cerveja....hauhuahua
Bjuzzzzzzzzzz

Thaís Cordeiro Gomes disse...

Kkkkkkk Pessoas, vcs não existem! O Davi outro dia disse que eu tinha que colocar coisas mais engraçadas aqui e vocês estão cumprindo bem essa função.

Querido! Não conta para todo mundo que eu tenho namorado, pois assim não vai aparecer um de verdade. Afinal, somos amantes, esqueceu? Eternos!

Fraivis! Tem coisa que precisa ser dita....tem coisa que não. Exemplo: você gostar de cerveja - isso não precisa ser dito! kkkkk

Beijos e até a próxima gracinha!