Habitantes!

26 de março de 2009

Desde o fim até o começo

Falo hoje sobre as relações amorosas. Já passei por tantas e todas são únicas. Em cada uma, uma lição, um aprendizado diferente. Em cada uma delas um encontro que acontece sempre que duas pessoas buscam as mesmas coisas ou estão prontas para a mesma experiência.

Acredito que todos os relacionamentos que vivemos nos preparam para o próximo, como numa escada, onde cada pessoa é um degrau. Com cada pessoa você se aprimora. A gente para (do verbo parar) em um degrau ou segue adiante. O que nos faz parar? Unicamente a vontade de ficar junto.

Enquanto duas pessoas quiserem realmente estar juntas, elas terão um relacionamento. Isso vai além do amor, acredito. O amor dura enquanto essa vontade permanece ou vai além do fim da relação. Amor, paixão e demais sentimento são assessores do relacionamento. Já ouvi falar de pessoas que ficam juntas mesmo sem se amar. Acreditem. Isso acontece nas melhores famílias!

Concordo que o amor é o mais nobre dos sentimentos, mas ocorre de nos atermos a relacionamentos por outras razões, que muitas vezes passam longe do amar. Ou não se ama a pessoa em si, mas sim o que ela representa, ou o filho que ela pode proporcionar ou o comodismo da relação, ou várias outras coisas, ou tudo isso junto. O amor até pode surgir daí, mas a ilusão de amar também pode.

O fato é que tudo em um relacionamento vem das atitudes das pessoas envolvidas. Havendo vontade de ficar junto, de fazer dar certo, há relacionamento. Nas relações não há um só responsável por construir ou desconstruir tudo. Para isso são precisos dois no mínimo. Se pensarmos num triângulo, serão três!

5 comentários:

Janise Zarattini disse...

Oiiiiiii amiga...
Cada dia descubro uma pessoa na Thaís, e cada uma dessas Thaise`s me remete a um mundo lindo e colorido, pq vc é assim amiga...LINDA E COLORISSIMA...sempre!!!
Você me surpreende muito e unicamente com a forma de se expressar.
Seu blog está maravilhoso e nos seus textos por muitas vezes me perco. Aqui é o mundão da Thaís, com a porta mais que aberta para as pessoas que te amam e te admiram.

Henrique Souto disse...

Mais uma vez parabéns! Texto lindo, inteligente e verdadeiro, e com um diferencial, atualizadíssimo com a nova gramática, abolindo o acento diferencial! rsrsrs! Estou sempre aqui, beijos!!!

Fábio Calab disse...

Oi querida.... relações amorosas... Será que alem da mulher da gente ou esposa podemos tambem ter com irmãos... pais...amigos ou amigas ? Afinal quando estamos juntos de pessoas que amamos acho que são relações amorosas... tenho momentos em meus relacionamentos em que estou muito apaixonado e existem momentos que essas relações esfriam... mas acho que todos nós merecemos ter algum tipo de relação amorosa... Bjocas e lindo texto....

Thaís Cordeiro Gomes disse...

Querido Fábio, todas as relações que envolvem amor são amorosas. Mas nem toda relação amorosa envolve amor, como eu disse no texto. É só questão de denominação mesmo. No post Network falo mais do assunto! Beijo grande.

davi disse...

agora adorei a fotoooooooooooooooo
naum deu tempo de ler por isso comentei só sobre a foto
eheeheheheheheheheheheh
bjooossssss

to brincandoooo
adorei esse texto!!!!!
apesar de achar q acima de tudo, é o amor q vale!!!!!!!!!!!!!!
como sempre né paxao!!!!

bjosss
mas gostei da foto mesmo